quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Esperançar no Ano Novo

Podemos comparar nossas vidas a um livro.

Somos os protagonistas e os escritores da história que nele será contada.

Vamos escrevendo lindos versos, pequenos poemas, longas prosas, dramas e comédias.

Cada dia podemos registrar, nesse livro, grandes conquistas que alcançamos, a partir de nosso esforço e dedicação.

Também as nossas falhas, decorrentes de descuidos e ações muitas vezes impensadas.

Registramos nossos amores, lembranças queridas de nossos pais, momentos alegres com nossos filhos, períodos felizes com nossos amigos...

Escrevemos páginas sobre o que fazemos, a dedicação que temos na profissão, os bons colegas com os quais convivemos.

Em algumas delas, registramos as nossas tristezas, momentos de dor e sofrimento, de despedida e desfazimento de laços.

Capítulos e mais capítulos. Uma infinidade de palavras e de frases grafadas nesse livro pessoal.

A cada novo ano que surge, podemos reflexionar sobre os meses passados, o que estamos grafando nesse período.

É oportunidade de pensar em novos desejos, novos sonhos, realizações que pretendemos alcançar.

Nesses momentos, nos sentiremos bem se relermos algumas páginas. Aquelas que nos fizeram felizes, em que nos sentimos realizados.

E quando verificarmos as anotações dos erros cometidos, eis a oportunidade de pensar em reescrever, sem tantos equívocos.

Podemos começar nos propondo a realizar mudanças em nosso comportamento, em nossas palavras, em nossas ações, em nossas ideias.

Importante é mudar para melhor.

Quem sabe possamos nos servir de um verbo diferente nas páginas do novo ano: esperançar.

Não se trata de nada que signifique simplesmente ficar esperando.

Esperançar no sentido de nos reerguermos. De perseguir um sonho ainda não sonhado.

De construir. De não desistir.

Esperançar no sentido de levar adiante o projeto apenas esboçado. Juntar-se a outros para fazer de outro modo...

Pensemos no novo ano como a oportunidade de escrever muitas vezes esse verbo, no livro da nossa vida.

Trabalhar pelo planejado, concretizar os propósitos ainda não alcançados, conquistar a felicidade almejada tantas e tantas vezes.

Buscar ações que contribuam para um mundo melhor, com mais gentileza, mais gratidão, mais amor.

Não pensar em desistir quando a dor surgir, quando algo não der certo, quando muitas coisas pareçam estar somando contra.

Vamos seguir em frente, sem nos deixarmos ficar presos ao passado com mágoas ou lamentações. O que ficou nas páginas mal escritas deve nos servir como lições, jamais como correntes que nos possam aprisionar em situação desagradável.

Façamos o propósito de escrever lindas páginas.

O Ano Novo nos acena com a possibilidade de trezentas e sessenta e cinco páginas, em branco.

Nelas podemos escrever poemas de amor, contos de alegria e realização.

Belas histórias com as pessoas que compõem a nossa família, o nosso círculo de amizades, o ambiente do nosso trabalho.

Esperançar, desde agora.

Redação do Momento Espírita, com base no
artigo 
A resignação como cumplicidade, de
Mário Sérgio Cortella, do Jornal
Folha de São Paulo, de 8.11.2001.
Em 30.12.2020.

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Três Diretrizes




O Sábio de Nazaré assinalou: Pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei à porta e se vos abrirá.

Nestas frases, ao consolo que temos em saber que alguém nos ouve e nos atenderá em nossas necessidades, podemos acrescentar três diretrizes essenciais a fim de alcançar o de que precisamos.

Jesus nos aponta três condutas que podemos empreender e as três consequências atreladas a elas.

A primeira diretriz trata do Pedi e se vos dará.

O que é o pedir? Pedir é fazer uma solicitação, uma súplica.

Podemos pedir bens materiais, a solução de um problema, proteção... São infinitas as possibilidades do pedir...

E nosso pedido se faz através da oração.

oração é ponte de ligação entre a Terra e o céu, entre o micro e macro, entre os filhos e o Pai.

A oração é momento de pausa em nossas vidas, momento em que podemos nos tranquilizar e recebermos boas inspirações para encontrarmos soluções a problemas que nos aflijam.

Também para nos refazermos, restaurarmos energias despendidas em nossa labuta, nos nossos quefazeres.

É momento em que dirigimos nossas súplicas à Fonte Suprema do Universo, como igual oportunidade de agradecer à essa Providência, que nos assiste e louvar Sua grandeza.

A segunda diretriz estabelece: Buscai e achareis.

Buscar significa esforçar-se por achar, procurar.

Afinal, o que buscamos? Quais os nossos desejos? Quais as nossas vontades? O que queremos para nossas vidas?

Isso nos remete a reflexões sobre a vida e nossos próprios propósitos.

Existem objetivos para estarmos vivos, na Terra. É nos tornarmos melhores a cada dia. É progredirmos.

Dessa forma, orientar nossos esforços nesse sentido determinará achados maravilhosos.

Por exemplo, o descobrir o quanto podemos crescer em ética, moral, princípios cristãos.

O quanto podemos ser úteis ao próximo, à comunidade.

Tudo nos conduzindo à descoberta da felicidade pela prática do bem.

Por fim, a terceira diretriz: Batei à porta e se vos abrirá.

Bater à porta quer dizer agir, ter um movimento em direção ao que desejamos alcançar.

Quando uma porta se abre, significa que estamos tendo acesso a um novo ambiente, que podemos explorar essas novas possibilidades para nos tornarmos uma criatura melhor.

As possibilidades que se nos apresentarão poderão ser aquelas de ilustrar o nosso saber, de conquistar conhecimentos.

Oportunidades que não devemos desperdiçar porque nos são oferecidas exatamente para que subamos degraus no intelecto.

Mas, não desprezemos as chances de nos servirmos do que nos é ofertado, igualmente para colaboração ao outro.

O que aprendemos, podemos repassar a outrem, construindo algo melhor a benefício de muitos.

Portanto, tenhamos em mente que, a qualquer momento, podemos pedir, buscar e bater à porta.

Temos um Pai amoroso que nos ouvirá, entenderá e atenderá.

Esse o grande ensinamento que o Mestre de Nazaré nos legou, em três diretrizes, em três ações.

Aprendamos com Ele.

Redação do Momento Espírita, com transcrição do Evangelho
 de Mateus, cap. 7, vers. 7 e do cap. 3, do livro Rosângela, pelo
 Espírito Rosângela, psicografia de Raul Teixeira, ed. Fráter

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Muitos apontam

Vivemos num mundo onde muitos apontam para você tentando te derrubar, te humilhar, de desestabilizar emocionalmente. Terão também aqueles que tentarão atrapalhar teus planos, pelo simples prazer de te ver pra baixo. São pobres de espírito. Deixe pra lá. Não se deixe envolver por essa energia ruim. Porém, há pessoas que preferem apontar para te mostrar um caminho mais seguro, abrindo teus olhos e te encorajando, porque você, eu, enfim, todos nós somos capazes. Acredite. Tenha fé. Faça acontecer. Estude. Se divirta. Trabalhe. Enfim, busque o que é bom. Eu torço e peço para que o Universo conspire sempre à favor de quem tem o coração movido pelo amor. E àquele que tem esse lado mau mais ativado, que possa refletir e mudar. Todos podemos ser melhores, nunca é tarde para essa transformação. Espero que você esteja dentro desse alo de vibrações positivas comigo.

Namastê!


Sandro Mattos

quarta-feira, 30 de setembro de 2020













A vida nos ensina através do amor ou da dor. O livre-arbítrio é como uma semente e cedo ou tarde os frutos virão. Não dá pra ficar contando com a sorte, que existe sim, não serei hipócrita de dizer que não como alguns "gurus" falam, mas não dá pra achar que ela virá hoje ou amanhã. Então, estude, trabalhe, faça o máximo para acontecer. Faça sua parte. E se um dia a sorte aparecer, você estará preparado(a).

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Creia

 Muitos não acreditarão e ainda tentarão lhe jogar pra baixo. Alguns até estarão torcendo e incentivando, mas a principal pessoa a crer que vai dar certo deve ser você. Boa sorte! 

(Sandro Mattos)



#prosperidadepessoalefinanceira
#sandromattos
#motivação
#motivation
#educacaofinanceira
#mensagemdodia

Friozinho...

Chove e faz frio em SP. 

Eu, particularmente, não curto nem um pouco, mas não podemos desanimar. 

O mundo gira e a roda não para. Se você vive um momento assim, meio "nebuloso", "cinzento", não desanime. 

Trabalhe, aja, mas tenha paciência, que a "luz do sol" voltará a brilhar na sua vida. 

Da minha parte, deixo registrado meu pedido ao Pai Celestial para que abençoe, bem como, que o Universo envie boas novas para todos nós. 

Paz e luz! 

Sandro Mattos


Mensagem postada no perfil pessoal do facebook em 21/08/2020.

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

3 HORAS DE AFIRMAÇÕES POSITIVAS

 

MEDITE COM AS AFIRMAÇÕES POSITIVAS INSERIDAS NESTE VÍDEO.

MESMO QUE FIQUE SÓ OUVINDO, O HÁBITO DE OUVIR, DEIXARÁ AS PALAVRAS NO SEU SUBCONSCIENTE. 

terça-feira, 23 de junho de 2020

Selic caiu de novo. Como fica sua reserva estratégica?

Com queda da Selic para 2,25% ao ano, veja o que fazer com os seus ...Na semana passada Selic caiu e, mais uma vez, no menor patamar da história, 2,25% ao ano.
Um remédio amargo para quem é um pequeno investidor, que, cuidadosamente, coloca seu dinheiro em aplicações baseadas na renda fixa.
E aí você pode estar pensando: "mas vale à pena investir pra ganhar tão pouco?", e eu te respondo: "sim".
Levando-se em conta que um investimento é uma potencialização do seu ato de poupar, temos que buscar sempre uma forma de pelo menos não sofrer o impacto negativo da inflação. Esse é o primeiro passo para o acúmulo de um valor significativo que forme seu "colchão financeiro" ou como preferimos, sua "reserva estratégica".
Os economistas dizem que, com esse índice, os pequenos investidores correm o risco de ter um retorno real próximo a zero (ou até mesmo negativo), quando consideramos a inflação real do ano, porém, o prejuízo sempre é pior quando não se faz essa poupança.
Deixar o dinheiro na conta ou gastá-lo em coisas supérfluas em nada vai ajudá-lo e essa situação criada pela crise da pandemia mostrou bem isso. Várias pessoas perderam seus empregos e muitas outras tiveram seus rendimentos mensais diminuídos por redução de carga de trabalho, fechamento do comércio, etc.
Mesmo ganhando menos do que historicamente os investidores financeiros ganhavam no Brasil (já que em outros lugares do mundo, principalmente nos países desenvolvidos, os rendimentos sempre foram menores), poupar e investir ainda é o caminho mais seguro para quem deseja ter uma reserva financeira que poderá ser usada para a realização de sonhos ou até mesmo, para um socorro emergencial.
E para se proteger, é sempre bom lembrar que não se deve colocar todos os ovos numa mesma cesta. Diversifique.
Paz, luz, saúde e prosperidade!
Sandro Mattos - Educador Financeiro

quarta-feira, 17 de junho de 2020

Reabertura do comércio e a saúde do seu bolso.


Saiba porque a reabertura do comércio em meio à pandemia de Covid-19 pode te levar a problemas financeiros. Se gostou, curta, compartilhe e se inscreva no nosso canal. Paz, luz e prosperidade a todos! Sandro Mattos. Conheça também
https://prosperidadepessoalefinanceir... https://facebook.com/prosperidadepess...